Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Adoro o ensino doméstico!

Ana Maria, uma jovem que aprende em casa, escreve para o jornal:

"Se perguntasse a vossa opinião sobre o ensino doméstico, obteria provavelmente várias respostas, mas uma delas seria que a maioria dos jovens que aprende em casa não socializa o suficiente com outros jovens.

Eu adoro aprender em casa! Tenho treze anos e acho que devo socializar com outros jovens e contribuir para a comunidade em que vivo. Querem saber como faço isso?

* Trabalho como voluntária numa associação de artes, um dia por semana. Gosto muito de lá estar. O centro é simpático e as pessoas que lá vão são muito interessantes.

* Todas as sextas-feiras vou a um estúdio onde um artista ensina-me a desenhar e pintar.

* Na semana que vem, eu, a minha mãe e o artista que me ensina, vamos a Londres, a uma Galeria de Arte. O artista é um dos meus melhores amigos.

Assim como socializo com adultos também socializo com outros jovens - estou com amigos da minha idade pelo menos uma vez por semana. Dormimos em casa uns dos outros, encontramo-nos no centro, vemos filmes, jogamos playstation, tal e qual os outros adolescentes.

Creio que na maior parte dos casos aprender em casa tem muitas vantagens.

* É mais flexível do que aprender na escola dando-me, por exemplo, a oportunidade de ir a mais sítios, como a galerias e exposições.

* Trabalhando como voluntária ganho experiência da vida real.

* Como não estou limitada por um currículo posso trabalhar em projectos interessantes e não muito comuns.

* Posso concentrar a minha energia em disciplinas que me interessam e que estão relacionadas com aquilo que quero fazer no futuro.

* Dá-me a oportunidade de ser independente na minha aprendizagem. Eu faço as minhas pesquisas e motivo-me a mim mesma a trabalhar.

O que acham?"

Podem ler o original, em inglês, aqui.

4 comentários:

Isabel de Matos disse...

Obrigada, Ana Paula, por estas traduções! São testemunhos muito valiosos. É mesmo isto...
O teu blogue contribui para que tenhamos uma perspectiva bem ampla sobre o Homeschooling e o Unschooling, com muitos casos práticos. 2009 será um ano de cada vez maior abertura a estas temáticas, graças também a ti! :)

Beijinhos
Isabel

Tibetan Star disse...

Havemos de encher a internet de informação em português sobre o ensino doméstico !

Isabel de Matos disse...

Isso!!!
Olha, no meu próximo post, vou fazer referência ao teu blogue e a alguns dos teus artigos, pode ser?

Beijinhos
Isabel

Tibetan Star disse...

Mas claro!

Beijinhos!