Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

terça-feira, 7 de abril de 2009

Como funciona o ensino doméstico IV

Continuação: a 1ª parte deste artigo está aqui, a 2ª aqui e a 3ª aqui.

Método Charlotte Mason


Este método baseia-se nos princípios de Charlotte Mason, descritos na sua obra em 6 volumes "The Original Home Schooling Series" (abre livro, em inglês).

O estudo das belas artes e da natureza é parte integral deste método, além das matérias mais comuns. O elemento que se destaca nesta obra, porém, não é tanto um método de ensino mas a forma de avaliar os conhecimentos adquiridos. Para quantificar a aprendizagem, em vez de usar a forma comum de perguntas e respostas, utiliza um processo chamado "narração" .

A autora Catherine Levison explica:

Pedimos à criança que nos conte tudo o que sabe a respeito do Canadá, da polinização, do sistema endócrino, da divisão polinomial ou qualquer outro assunto que estudámos durante o dia, semana ou ano. Isto ajuda os pais a saber imediatamente se os filhos compreenderam o material que estão estudando. A ideia principal é que não podemos narrar aquilo que não sabemos e só conseguimos narrar o que realmente sabemos.
Método Waldorf

O método Waldorf baseia-se nas pesquisas e trabalhos do cientista austríaco Rudolf Steiner. Preocupado em educar a "criança completa", Steiner enfatizou uma variedade de tópicos criativos que as escolas tradicionais geralmente consideram secundários, tais como as belas artes (pintura, música e teatro), idiomas estrangeiros, costura e até jardinagem. O estágio de desenvolvimento dos alunos dita os objetos de estudo e os trabalhos de grupo. Algumas pessoas referem-se a este método como o método da "cabeça, coração e mãos".

Aqui ficam umas ligações (livros e palestras de Rudolf Steiner):

The Education of the Child
A Educação Da Criança
Educação na puberdade (O ensino criativo)

Unidades de estudo

As unidades de estudo podem ser consideradas como o método multi-tarefas do ensino doméstico. Um tópico ou tema específico é examinado, durante uma semana ou um semestre, através de várias disciplinas académicas. O tópico ou tema pode ser qualquer coisa: um livro (como "Harry Potter"), um feriado, um desporto ou um animal. Esse tema é pesquisado através de várias disciplinas como a história, literatura, matemática e ciência. Este método pode ser bastante activo; os pais podem encorajar os filhos a decidir as actividades a incorporar à unidade de estudo: experiências científicas, cronologia, visitas a museus, pesquisas em bibliotecas, leitura de livros, programas ou documentários especiais na TV e assim por diante.

Unschooling


Também denominado aprendizagem direccionada pela criança e aprendizagem natural, o termo unschooling foi originalmente usado por John Holt. O método é exatamente esse: nada de escola.

Unschooling é um dos métodos do ensino doméstico, muito bem aceite por famílias norte-americanas e europeias. As crianças que seguem o ensino doméstico não vão à escola para aprender. Toda a aprendizagem é feita a partir de casa. O unschooling é ainda mais livre, apregoando que na aprendizagem as crianças devem seguir os seus próprios ritmos. A aprendizagem torna-se simplesmente uma parte natural da vida. Todos os dias é a criança que decide o que quer fazer, se quer ir à biblioteca ler sobre baleias ou passar o dia fazendo experiências científicas na cozinha.

À medida em que crescem começam geralmente a integrar aulas e cursos externos. O importante é que são os jovens que controlam os seus horários e que fazem os ajustes necessários para os cumprir. Como observa um jovem que não frequentou escola: "estou a planear o que fazer. Tenho um grande sentido de responsibilidade naquilo que faço. Em vez de me forçarem a andar de actividade em actividade e me obrigarem a fazer determinadas coisas em determinados dias e horas, sou eu quem decide". Com esse poder de decisão vem a responsabilidade da gestão do tempo.

Os pais estão sempre à mão para dar apoio. Eles encorajam e ajudam a manter o ambiente de aprendizagem rico e real, respondendo a perguntas e funcionando como uma fonte de ideias, mas seguindo sempre as directrizes dos filhos.

Método eclético

Esta metodologia é como um menu de métodos. Na abordagem eclética, os pais selecionam uma série de elementos de alguns (ou todos) estilos do ensino doméstico e criam um método personalizado. A vantagem desta metodologia é que ela é muito flexivel, podendo ser facilmente adaptada a qualquer estilo de aprendizagem.

Além de todos estes métodos, existem ainda mais possibilidades para quem segue o ensino doméstico. Várias escolas - públicas, privadas e escolas virtuais - oferecem oportunidades de aprender à distância através da internet. Os estudantes do ensino doméstico também podem fazer cursos, por correspondência, disponibilizados por universidades de todo o mundo.

Agora que já têm uma ideia das várias metodologias e de como encontrar mais informações sobre cada uma delas, há ainda um outro elemento crucial em que devem pensar: os estilos de aprendizagem.

Continua aqui.

2 comentários:

Meninheira disse...

obrigada, obrigada Paulinha :)

Paula Peck disse...

O blogue está de férias até ao dia 25. Páscoa Feliz!