Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

terça-feira, 28 de abril de 2009

Evitar o bullying com o ensino doméstico

Bullying como motivo para educar em casa

Um menino de 11 anos de idade suicidou-se na semana passada. Onze anos! Que tipo de desespero esmagador o teria levado ao suicídio? De acordo com a família, ele era vítima de constantes e repetidas agressões, tanto físicas como emocionais. Onde? Na escola!

Não consigo imaginar o que os pais estarão sentindo. A morte de um filho é sempre trágica e horrível. Os pais nunca deveriam ter de enterrar um filho. Nunca. Mas uma criança matar-se devido ao ambiente social da escola, isso é mais que trágico: é revoltante.

A escola que Jaheem frequentava tinha um programa anti-bullying, e muitas escolas têm uma política de tolerância zero ao assédio moral. Mas é óbvio que aquilo que os adultos vêem e aquilo que as crianças estão experienciando parece ser muito diferente.

Aqui fica o link para o artigo, que é curto, mas reparem, nos comentários, a quantidade de pessoas a recomendar o ensino doméstico para estas preciosas crianças que estão sendo vítimas de bullying.

Que tragédia sem sentido!

Por Melissa Caddell

2 comentários:

RUTE disse...

Vivemos numa sociedade violenta onde a violência está escondida.

Ninguém aceita a diferença, obrigam-nos a sermos todos iguais. Desde que nascemos que estamos em plena concorrência uns com os outros. Desde o berço! É terrivel.

E lamentável...
Há que educar as crianças a aceitarem-se umas às outras independentemente de serem magras, gordas, de diferentes Q.I.s, etc...

Beijinhos Paula.

Paula Peck disse...

Olá Rute! Obrigada pela boleia, gostei muito de ter tido essa oportunidade de conversar contigo.

Pois é, as coisas são como são e às vezes não é fácil aceitá-las.