Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Ensino doméstico na Austrália

Segundo este artigo, o número de australianos conscientes das vantagens do ensino doméstico está a aumentar. Enquanto os políticos continuam debatendo o sistema de ensino, são cada vez mais as famílias que optam por educar os filhos em casa.

Em 4 anos o número de crianças registadas no ensino doméstico duplicou. No ano passado houve um aumento de 17,5% e há quem diga que as estatísticas oficiais são baixas pois nem todas as famílias informam o Departamento de Educação.

Apesar do ensino doméstico não ser remunerado, as vantagens são tantas que o sacrifício de um ordenado vale a pena. Eis o comentário da Sra Hadges, uma mãe que optou por esta alternativa:

"A decisão nem sempre é fácil. Vivemos só com um salário durante 20 anos, numa casa velha que não foi renovada, mas há coisas mais importantes na vida."

Quando o seu primeiro filho fez 3 anos sentiu-se pressionada "para escolher uma escolinha e decidir se a escolinha era boa ou não. Mal tinha tido o meu filho e já estava sob pressão de dá-lo a alguém". Foi então começou a pensar no ensino doméstico: "Nenhum dos meus filhos andou na escola mas o mais velho já entrou para a universidade."

É claro, o acesso à internet de banda larga facilita o acesso a materiais didáticos, o que pode ser um factor no crescimento da educação domiciliar.

Sem comentários: