Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Alan Watts: a vida é para dançar



Em música, o objectivo de uma composição não é o seu final. Se assim fosse, os melhores maestros seriam aqueles que conduzem mais depressa, e haveriam compositores que escreveriam apenas o “finale”. As pessoas iriam a concertos só para ouvir o último acorde – aqui está, o “finale”!

Mas nós não vemos isto como algo trazido pela nossa educação à nossa conduta diária. Nós temos um sistema de escolarização que nos dá uma impressão completamente diferente. Nele, tudo é avaliado, classificado, hierarquizado, sequenciado linearmente...

O que fazemos é, pomos a criança no corredor deste sistema sequencial e aliciamo-la com a ideia da recompensa. Vai para o infantário, “ó, que bom, porque depois podes ir para a 1ª classe, e depois... anda, anda, que depois da 1ª classe podes ir para a 2ª” e assim por diante. “E depois sais da escola primária e vais para o secundário”, e as coisas começam a acelerar, a recompensa está mais próxima...

“E depois vais fazer o 12º ano, para poderes ir para a universidade, e quando acabares, juntar-te ao mundo dos adultos.”

E depois dás contigo numa empresa onde vendes talvez seguros, e tens sempre metas a alcançar e datas a cumprir. Todo o tempo a recompensa parece estar cada vez mais perto, quase, quase a chegar, estás quase, quase a atingir essa coisa sublime, esse sucesso para o qual trabalhas...

E um dia acordas, aos quarenta e tal anos, e exclamas: Meu Deus, cheguei! Estou aqui, finalmente!

Mas não te sentes diferente do que sempre sentiste e há uma certa desilusão, como se te tivessem pregado uma partida. E foi, foi um terrível embuste, em que te fizeram perder tudo.

Pensámos a vida como se ela fosse semelhante a uma viagem, a uma peregrinação com uma meta muita séria no final, e o objectivo era alcançar essa meta, seja ela o sucesso, a salvação, ou seja lá o que for.

O tempo todo não percebemos que era uma peça musical e que éramos suposto cantar ou dançar enquanto a música estava tocando...

Sem comentários: