Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Celebração do não-regresso à escola

Aqui está o artigo que saiu hoje no jornal sobre o evento de ontem:

As famílias de Bristol que educam os filhos em casa reuniram-se ontem de manhã para um piquenique como parte de uma campanha nacional para informar o público sobre a aprendizagem em casa.

No piquenique para celebrar o não-regresso à escola, um entre vários organizados por todo o país, o objectivo era tanto passar a mensagem como o entretenimento - com as crianças correndo e soprando bolhinhas de sabão pelo parque.

Mãe de 2 filhos, Anita MacCullum, 35, disse:

"Tive inúmeras razões para optar pelo ensino doméstico; para nós foi definitivamente a escolha certa. Nós fazemos parte da comunidade, temos muito apoio e encontramo-nos frequentemente para participar em actividades de grupo. Nós vemos a educação como um processo constante de aprendizagem, e não como algo que só acontece quando estamos sentados nas aulas."

Holly Crossland, 25, estava no piquenique com a filha Isis, de 7 anos de idade. Holly, que vive sozinha com a filha, disse:

"As pessoas dizem que as crianças educadas em casa não têm a oportunidade de socializar, mas a Isis está-se divertindo imenso, brincando com todas estas crianças e pessoas de todas as idades.

As palavras “casa”, “doméstico” ou “domiciliar” são bastante enganadoras porque a casa é o lugar onde passamos menos tempo, uma vez que estamos muito com outras famílias e grupos. Quando chegou a altura em que eu podia ter enviado Isis para a escola, não me pareceu que isso fosse o melhor quando eu trabalho com crianças todos os dias."

George MacGregor, 14, foi educado em casa a maior parte da sua vida. Ele disse:

"Eu convivo com muitas pessoas de todas as idades - inclusive algumas que andam na escola. Eu gosto de aprender em casa, mas exige muita auto-motivação da minha parte e da dos meus pais."

Original aqui. Mais notícias sobre a celebração da liberdade de educação no Reino Unido aqui.

2 comentários:

Marise von disse...

Paula,
É com muito carinho que deixei no meu blog Filosofia é o limite, um selo pra você.
Parabéns pelo seu excelente trabalho.
Abraços,
Marise.

Paula disse...

Ena, que honra Marise!
Obrigada,
um grande abraço
Paula