Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Introdução ao Freeskilling

Freeskilling? O que é isso? Mmmm, como começar a explicar? Talvez pela necessidade que todos temos de contribuir para um mundo melhor, de conectar com os outros, de partilhar os nossos interesses e talentos. Uma espécie de casamento entre as ideias da economia gratuita e alguns aspectos das redes educacionais de que já falava Ivan Illich.

Na prática é um servico gratuito de troca de conhecimentos: alguém encarrega-se de encontrar um grupo de pessoas que gostariam de partilhar os seus conhecimentos, encontrar um local adequado para esse efeito e arranjar maneira de fazer com que as pessoas interessadas saibam dos eventos. Com a internet - redes sociais, grupos yahoo e coisas desse tipo - esta tarefa fica bem mais fácil!

Aqui em Bristol o Freeskilling está de volta depois das férias de Natal. Todas as terças feiras às 19hrs no The Better Food Company, que disponibiliza o espaço. É gratuito e para todas as idades, como sempre!

Resolvi partilhar por várias razões: porque uma destas "aulas" é sobre o ensino doméstico, para inspirar quem queira organisar algo semelhante, e porque este modelo de troca de conhecimentos é frequentemente usado por grupos de familias que optam pela educação domiciliar. Eis o programa para as próximas 8 semanas:
Frees Killing Poster Jan Feb 2010

Espero que isto vos inspire a criar um projecto semelhante e que estejam ansiosos por mais um ano de aprendizagem!

10 comentários:

Pequete disse...

É uma excelente ideia, Paula, obrigada pela sugestão. Há vários anos atrás, ouvi falar nas notícias de algo semelhante, o "Banco do Tempo", mas que funcionava de forma diferente: uma espécie de base de dados em que cada pessoa disponibilizava x horas por mês ou por semana, para fazer determinadas coisas que sabia fazer, doando-as a quem precisasse. Não é bem a mesma coisa, mas a filosofia subjacente é similar.

Paula disse...

Sim, também já tinha ouvido falar do "Banco do Tempo". O freeskilling é realmente uma coisa mais ou menos desse gênero, mas sem ninguém a contabilizar quantas horas cada membro ofereceu e/ou recebeu, e limitado à partilha ou transmissão de informação, conhecimentos e competências.

Feliz Ano Novo!

*Lisa_B* disse...

Paula essa é uma ideia excelente.
Eu ando a fazer quase o mesmo mas chama-se workshop :-)
Beijinhos

Dago disse...

Oi, Paula
Legal poder conhecer seu blog. Sou um brasileiro estudndo na Alemanha. O meu projeto final de mestrado é um documentário sobre "life and mind off-grid" em q um dos meu personagens é o Mark, com quem eu passei um tempo em Outubro.
O assunto educação tb está cada vez mais se fazedo presente pra mim e minha esposa, ainda mais agora q nascerá nossa filha em março.
Pretendo acompanhar seus posts. Quem sabe um dia a gente se conhece ao vivo e à cores.
Dago

Paula disse...

Oi, Dago,

Prazer em conhecer-te! Mark é uma pessoa bem legal. Espero ver o teu documentário online com subtitles em português, claro, especialmente se for em alemão!

Quanto à educação, na Alemanha o ensino doméstico é ilegal desde os tempos de Hitler e várias famílias foram e continuam a ser perseguidas pelo Estado devido à opção que fizeram. Infelizmente a situação no Brasil é um bocado parecida com a da Alemanha.

Olha, segui o teu link e vi que também és músico. Há uns anos atrás fiz parte de um grupo de música brasileira (bossa jazz) aqui na Inglaterra. Fizeste-me lembrar esses tempos...

Boa sorte com o nascimento da vossa filha! Pode ser que a gente se venha a conhecer "ao vivo", quem sabe! E Feliz Ano Novo!

Paula disse...

Lisa_B,

Adorava saber mais sobre essas workshops!

Isabel de Matos disse...

Olá, Paula! Pois são giras estas coincidências, andamos em frequências parecidas... este freeskilling, como o apresentas, também é muito interessante. Não tarda este tipo de "actividades"-"free" vão passar a ser mais comuns!
Beijinhos e obrigada!
Isabel

Paula disse...

Olá, Isabel.

Espero mesmo que este tipo de actividades gratuitas se torne cada vez mais comum; afinal, dá muito mais prazer trabalhar por prazer ou vocação do que para ganhar dinheiro.

Paula disse...

E também existem os AEL (arranjos educativos locais) que também não são exactamente a mesma coisa porque, pelo menos pelo que me apercebi, não dão a mesma ênfase à "freeconomy"...

mas, por outro lado, "os AEL são uma forma de communityschooling, porém na linha do unschooling."

http://www.slideshare.net/luisguggen/arranjos-educativos-locais-ael

Dago disse...

Legal, Paula
O documentário será em inglês... boa parte dos entrevistados é daí (UK).
Q jóia q vc curte música boa! Aqui vai um link pra vc... algo pessoal... espero q goste: http://umquetenha.org/uqt/?cat=1814
Até mais!