Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Sydney, 4 anos, aprende em casa

Mais uma tradução livre e parcial de um artigo sobre o ensino domiciliar nos E.U.A.:

Sydney, 4 anos, é como a maior parte das meninas da sua idade. É simpática, carinhosa, gosta dos pais e adora aprender coisas novas. A diferença é que Sydney não é abandonada na escolinha pelos pais a caminho do trabalho todas as manhãs. Ela aprende em casa, a professora é a mãe e a lição do dia é exposta num quadro fixado numa das paredes.

Tal como outras crianças em Sandwich, Sydney aprende em casa. Courtney, a mãe, está sempre a pensar em maneiras de estimular os interesses da filha. A letra do dia está exposta no meio da mesa da cozinha e todos os aparelhos rotulados em espanhol. Além dos números, cores e padrões, Sydney está a aprender espanhol e linguagem gestual. Courtney diz que também faz planos de educar a filha mais nova em casa.

“Tantas pessoas na Europa sabem falar mais que um idioma; penso que as minhas filhas seriam prejudicadas se não aprendessem outras línguas. E todas as pesquisas dizem que é melhor começar desde cedo."

Courtney diz que o ensino domiciliar tem sido uma experiência positiva para as filhas e já faz planos de continuar a ensiná-las quando chegar a altura do ensino secundário. Embora não seja professora de profissão, os seus pais ensinaram em escolas públicas e privadas. O pai, inclusivé, era director.

Courtney, que tem um blogue sobre a sua experiência do ensino doméstico, elabora seu próprio currículo com base em pesquisas que faz e orientações que recebe através do grupo-yahoo do ensino domiciliar de Cape Cod. A rede da apoio aos home-schoolers de Cape Cod, Plymouth e Wareham organiza classes, clubes, visitas de estudo e outras actividades.

A Associação da Aprendizagem em Casa em Massachusetts também oferece informação aos pais. Bill Heuer, membro da associação, diz que o ensino doméstico ajuda as crianças a tornarem-se individual learners.

“Penso que a maior vantagem do ensino doméstico é que ajuda cada indivíduo a tornar-se auto-motivado e a aperceber-se que é responsável pela sua educação para o resto das suas vidas."

Diz que o criticismo comum de que os jovens educados em casa não socializam é falso, e que a maior parte dos home-schoolers tendem a “socializar através de grupos etários” incluindo crianças mais novas e adultos porque trabalham com eles voluntariamente.

Se quiserem, podem ler o artigo na íntegra, em inglês, aqui.

Sem comentários: