Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

sábado, 28 de agosto de 2010

Crianças decidem o que aprender

Trecho de um artigo publicado ontem num jornal canadense. Fotos aqui: 'Unschooled' kids direct their own education

A casa de Judy é o sonho das crianças. A cave está cheia de peças de Lego. Um canto da sala está cheio de animais de estimação: celas com cobaias, gerbils, dois pássaros e um periquito. Nove computadores em rede estão disponíveis em zonas diferentes para as crianças fazerem suas pesquisas na internet, escreverem ou jogarem jogos. Pendurados nas paredes dos corredores vemos uma série de pósteres explicando os átomos, a fotossíntese, a geografia do mundo e a história.

Numa recente tarde de Verão encontrámos os 5 filhos, entre os 8 e os 19 anos, a ler e a brincar. A casa é o lugar onde dormem, comem, brincam e vão à escola. Ou melhor, à não-escola.

Fazem parte de um segmento pequeno, mas cada vez maior, do movimento do ensino doméstico, que abandona o currículo nacional a favor de um curso de estudo escolhido pelos filhos que vai ao encontro dos seus interesses. Judy deixa os filhos decidirem o que querem aprender e quando querem aprender. O seu papel é agir como facilitadora para ajudá-los a obter a informação ou os materiais e equipamento que necessitam - desde levá-los à biblioteca ou às compras - para apoiar a aprendizagem sobre, digamos, Shakespeare, música ou a Segunda Guerra Mundial.

"É confiar que as crianças tem a capacidade de aprender aquilo que precisam saber, agora e no futuro", disse Judy.


Sem comentários: