Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

A solução que dá resultado

Trechos de dois artigos publicados ontem sobre o ensino doméstico:

Entrar para as melhores universidades é o sonho de muitos estudantes.

Quando Anna, Pritt e Jacob foram admitidos na Universidade de Harvard, foi motivo de grande festa na Escola de mamãe e papai.

Christine e Mark assumiram a responsabilidade pela educação dos filhos quando Anna estava na quarta série e Jacob na segunda, e continuam educando os outros quatro filhos, que estão na faixa etária 11-17.

Christine disse que optou pelo homeschooling quando o filho Jacob terminou a primeira série. Com a experiência de Anna no jardim de infância apercebeu-se que a maior parte do tempo era passado na aprendizagem do alfabeto e outras coisas básicas. Como Jacob sabia ler antes de entrar para o jardim de infância, ela decidiu educá-lo em casa para ele não ficar aborrecido. Mas esse primeiro ano de aprendizagem em casa colocou-o muito mais adiante das crianças da primeira série.

"E os professores eram excelentes - esta decisão não teve nada a ver com a qualidade dos professores. Mas o sistema tem pouca flexibilidade, e o tamanho das turmas impossibilitava que as crianças recebessem atenção individual."

Continua aqui.

Não digam a Sawyer que o latim é uma língua morta.

O estudante educado em casa, de 14 anos de idade, é um entusiasmado leitor de textos antigos, ansioso por mostrar como eles são úteis na vida quotidiana.

"Mesmo nesta conversa que estamos agora a ter, a maioria das palavras que estamos usando vêm do grego e do latim", disse ele.

"Além do facto de nos ajudar a aprender outros idiomas, incluindo o inglês, são especialmente úteis na resolução de problemas", disse Rowan, outro adolescente educado fora da escola. "E a leitura sobre a história de Roma, seus costumes e política, quando a comparamos com os eventos actuais, vemos que muitas vezes estes fazem mais sentido."

Retirado deste artigo.