Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Comemoração do diálogo inter-religioso

Passei o fim de semana a conectar e aprender com gente linda de todas as nacionalidades e culturas, e de todas as religiões ou nenhuma. Fui a uma sessão de Dharma Dance, participei numa conferência online sobre o budismo tibetano, e fui a um evento maravilhoso celebrando o diálogo inter-religioso.

Com o grupo Somali, experimentei o rijab e as vestimentas muçulmanas; e ficam-me bem, não acham?

Adorei a mesinha cheia de informação sobre o paganismo celta.

Com os rastafáris, conversei sobre Jah, a Arca da Aliança, a Etiópia, etc.

Rizwan Ahmed, da Sociedade Cultural Muçulmana, falou sobre as seis crenças principais e os cinco pilares do Islão.

Com representativos da comunidade sikh, conversei sobre Guru Nanak, o livro sagrado dos sikhs, e o livre arbrítio na iniciação e baptismo.

Na mesinha da Congregação Judaica Progressista, tive a oportunidade de provar os doces e bolinhos deliciosos que os judeus comem durantes as suas várias festividades; e com o Rabbi Francis Ronald Berry, aprendi que o verdadeiro significado da oração no judaísmo é algo que fazemos a nós próprios - não uma conversa com Deus, mas uma espécie de introspeção, ou meditação.

De acordo com estas representantes da comunidade Hindu, a essência do hinduismo é "viver e deixar viver". Depois de explicarem as suas crenças e rituais, cantaram o mantra gayatri.

Asif Ali também usou cantos e poemas na sua apresentação do sufismo - e explicou a mensagem usando um ditado chinês "é melhor acendermos uma vela que nos queixarmos da escuridão".

Os Quakers explicaram o seu estilo de vida, enfatizando a importância da paz, da verdade, igualdade e simplicidade. Depois, partilharam um período de silêncio e meditação.

E, milagre, ainda tive tempo de ouvir os cantos devocionais dos sikhs! Adoro o mul mantra!

Como se não chegasse, entrei em contacto com a Interfaith Foundation para obter mais informações sobre o seminário interreligioso que oferecem... As possibilidades actuais de aprendermos uns com os outros, e uns dos outros, são mesmo infinitas!

5 comentários:

Ariany (Dhanna) disse...

Que idéia mais genial, principalmente para os nossos pequenos!

Paula disse...

Também organizaram muitas actividades para as crianças: cantos para a paz, arte Mehndi/Henna, caligrafia hebraica, drumming, dança, cinema, jogos e brincadeiras, etc, etc. Foi realmente genial! :-)

Paula disse...

Mul Mantar

Ek Ong Kar
Sat Nam
Kartaa Purkh
Nirbhao
Nirvair
Akaal Moorat
Ajoonee
Saibhang
Gur Prasaad
Jap
Aad Sach
Jugaad Sach
Hai Bhee Sach
Nanak Hosee Bhee Sach

AnaGF disse...

Ficam-te muito bem, as vestimentas muçulmanas! Há algum tempo que não passava por aqui, mas é sempre bom voltar e ler os teus posts, tão diversificados e interessantes, apesar de unidos por um mesmo tema.

Paula disse...

Oi Ana,

Sim, tens andado desaparecida. Pois é, geralmente tento limitar-me ao tema do ensino doméstico, traduzindo notícias e assim por diante, mas a verdade é que no unschooling aprendemos vivendo o dia a dia, por isso, quem sabe, este blog ainda vai mudar de "estilo"...

Como dizem muitas vezes os unschoolers, "the world is my classroom!"

Mas mudando um pouco de assunto, um dos motivos que me levou a escrever este post foi tentar fazer ver às pessoas que a ideia de que "homeschooling = cristãos fundamentalistas" é completamente errada! Infelizmente muitas pessoas ainda acreditam nisso :-(