Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

domingo, 15 de maio de 2011

Adolescência

Blogagem colectiva “Fases da Vida”, proposta pela Rute, do blogue Publicar para Partilhar.

Hoje estou sem muita vontade de escrever, por isso deixo apenas esta foto e um link para o Manual de Libertação dos Adolescentes, que podem ler aqui.

15 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá, querida
"Na ternura de um amanhecer,
Eu observei a beleza do orvalho".
(Sandra)

A foto com que ilustrou a fase da adolescência já nos diz tudo... bem de acordo!!!
A pintura carregada revela o desejo ardente de ser diferente...

"...é o molhar do orvalho quem vê meus passos...
é minha vida me chamando pra viver"
( Fractais de Calu)

Tenha um excelente Domingo de paz e alegria.
Bj com gosto de adolescência (o lado bom dela).

Paula disse...

Olá, Orvalho do Ceu

A adolescência, a busca da identidade, o desejo de autenticidade, o anseio de ser quem somos, de não nos deixarmos ser transformados em clones ou mero capital humano...

Gina disse...

Paula,
A escola pode despertar interesses ou não, vai depender muito dos professores. Existem alguns dos quais não nos esquecemos, enquanto outros, nada lembramos.
Muito do que sabemos é resultado de nossa própria pesquisa. Quando gosto de um assunto, fico horas me aprofundando nele.
Por exemplo, adoro flores, mas não simplesmente pela beleza que elas transmitem. Gosto dos nomes científicos, descobrir as curiosidades por trás delas. No entanto, não me tornei botânica ou algo do gênero.
Difícil, por exemplo, decidir que faculdade fazer quando se tem tão pouca idade. A escola nem sempre desperta em nós esse impulso pelo desconhecido ou sequer reforça as habilidades e tendências que já manifestamos. Uma pena!
Bjs.

AnaCristina disse...

eu adoraria que por aqui tambem pudessemos educar as criancas em casa! parabens pela postagem! tambem estou nela:
http://anacristinap.blogspot.com/2011/05/blogagem-coletiva-fases-da-vida.html#comments
bjo

AnaCristina disse...

parabens pela postagem! tambem estou nela:
http://anacristinap.blogspot.com/2011/05/blogagem-coletiva-fases-da-vida.html#comments
bjo

Mariazinha disse...

Tambem participo da blogagem coletiva:
http://mariazinhap.blogspot.com/2011/05/blogagem-coletiva-fases-da-vida.html
Parabens pela sua postagem!
Beijos

Paula disse...

Oi Gina,
Obrigada pela visita,

Eu, claro, concordo que a maior parte do que sabemos é resultado de nossa própria pesquisa. Quando um tema nos interessa, como dizes, as horas que passamos aprendendo parecem segundos. A aprendizagem, afinal, é algo que fazemos a nós mesmos :-)

Paula disse...

Ana Cristina,
Fui dar uma olhada no teu blog :-)
Tambem adorava que no Brasil as pessoas pudessem praticar o ensino doméstico sem interferências negativas por parte do Estado, uma vez que é uma modalidade de aprendizagem bem aceite e estabelecida em tantos países, e com tantas vantagens.

Paula disse...

Mariazinha,
Obrigada pela visita! Deixei um comentário no teu blogue :-)

Zilda Santiago disse...

Gostei!!!!A foto tem sua linguagem.Bjs no coração.

Minha participação está no blog Rumos Libertadores: http://rumoslibertadores.blogspot.com
Comente e concorra a um livro pela loteria federal ,até o dia 28/05,A SUA ESCOLHA!!SE QUISER SEGUIR,POOOOOOOOOODE!!!!E EU AGRADEÇO!!!

Bel Rech disse...

A imagem diz tudo...
Diferente e irreverente..
Paz e bem

RUTE disse...

Palavras para quê! É uma irreverente dos anos 80, já se vê :)
Lembraste Culture Club.
E esse manual do adolescente vem mesmo a calhar. Bem lembrado.
Beijinhos,
Rute

Luma Rosa disse...

A foto é muito boa - um exemplar da época! (rs*)
Paula, nem precisa postar se não estava com vontade, bastava indicar como fez, o Manual de Libertação dos Adolescentes. Excelente! Beijus,

Virginia Jesus Fassarella disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Virginia Jesus Fassarella disse...

Paula, meu filho bem que queria ter tido a educação escolar em casa, dizia que aprendia melhor comigo do que com os seus professores, mas, na época eu não tive discernimento nem tempo para ensiná-lo. Sua foto e sua maquiagem estão perfeitas. Parabéns. Beijos.