Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

segunda-feira, 4 de julho de 2011

15 factos fascinantes sobre a história do ensino doméstico III

7. O número de crianças educadas em casa duplicou entre 1990 e 1995: Graças aos esforços de John Holt e Raymond e Dorothy Moore, o ensino doméstico recebeu atenção dos mass mídia e passou a ter o apoio do público. Em Abril 2005, The Home School Market focalizou nesta questão, de como o número de pais que ensinam os filhos fora do sistema educativo havia duplicado entre 1990 e 1995. A Homeschool Legal Defense Association declara o número de homeschoolers como 1.230.000, incluindo as famílias que valorizam sua independência preferindo não se juntar a organizações.

8. Nos EUA, em tempos já lá vão, o ensino doméstico era ilegal na maioria dos Estados: Antes da década de 1960, os pais que retiravam os filhos das escolas públicas ou privadas eram perseguidos com as leis do absentismo escolar em quase todos os Estados. Oklahoma era a excepção, e nunca penalizou as famílias de homeschoolers. Segundo a Associação de Defesa Judicial Ensino Doméstico, milhares de famílias "desapareceram" a fim de utilizar o método.

9. O Estado versus Massa (New Jersey, 1967) foi o primeiro processo judicial a decidir a favor do homeschooling, facilitando a aceitação do ensino doméstico pelo público. Leis exigindo aos estudantes que estes recebam uma educação na escola ou "em outros lugares" durante determinado período de tempo foram fundamentais na decisão final. Defensores do homeschooling insistiram que o movimento encaixava na definição ("em outros lugares") e eventualmente o tribunal declarou: "Este tribunal concorda com as decisões de que o número de alunos não determina uma escola, e que um certo número de estudantes não precisa estar presente para alcançar uma educação equivalente. "

Podem ler o resto aqui ( em inglês).

Sem comentários: