Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

domingo, 14 de agosto de 2011

Nova lei dá mais liberdade aos homeschoolers

Minnesota, EUA: boas notícias para os pais que educam os filhos em casa.

"O Estado está reconhecendo a validade da educação em casa", disse Lorna Cook, falando sobre a nova lei que liberta os homeschoolers de quase toda a burocracia exigida pelas leis anteriores. "Afinal, as estatísticas mostram que em geral, no que diz respeito à educação em casa, os pais estão fazendo um bom trabalho."

Com efeito, a nova lei parece dizer aos homeschoolers: "Vamos economizar tempo e dinheiro e deixar os pais-educadores continuar a fazer o bom trabalho que estão fazendo."

Vários mandatos desapareceram sob a nova lei, incluindo um que exigia que os pais sem educação superior enviassem relatórios trimestrais sobre os filhos ao director da escola pública da sua residência.

A nova lei também acaba com a exigência das visitas anuais pelo dito director, reduzindo a 'papelada' em geral.

Erica Gagnon, que pratica o ensino doméstico há 9 anos, disse estar surpreendida. Pensava que a lei não iria ser aprovada por causa da opinião prevalecente de que os homeschoolers não oferecem os mesmos benefícios que as escolas.

"Muitas pessoas estão preocupadas com a possível falta de estrutura e supervisão", disse ela. "Ninguém escolhe o meu currículo ou decide o nosso horário. Muitos preocupam-se com a possibilidade de algumas crianças serem educadas de forma inadequada. Mas isto diz-me que o governo não está preocupado com os homeschoolers, que em geral estamos fazendo um bom trabalho e que não precisamos de mais restrições."

O sucesso dos homeschoolers é muitas vezes demonstrado nos meios de comunicação, com crianças educadas em casa vencendo competições de geografia e ortografia, e obtendo melhores resultados do que as crianças da mesma idade educadas nas escolas, disse ela.

Ler o resto aqui.

Sem comentários: