Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Autismo, Aspergers e Ensino Doméstico

Ontem foi o primeiro dia de um curso de formação sobre o espectro autista, organisado pela Associação Nacional do Autismo do Reino Unido em Bristol. A grande maioria dos participantes tinha filhos no espectro autista. Fiquei surpreendida quando me apercebi que cerca de 65 - 70% dos participantes educa os filhos fora da escola: ensino doméstico, unschooling, ou instrução em casa por um tutor. Nem eu esperava que fossem tantos!

No Reino Unido já muitos chegaram à conclusão que o processo de dirigir os alunos especiais para o ensino regular não passa de uma forma de abuso. Talvez por isso cada vez mais famílias estejam a optar pela educação em casa.

Uma minoria à espera, com os filhos em casa, mas ainda matriculados numa escola, que a escola resolva o "problema" da educação, dos traumas resultantes do bullying, violência escolar, etc... em geral, são pais que não estão a par do ensino domiciliar, ou que não se julgam capazes de educar os filhos sem o apoio de "profissionais". São crianças negligenciadas pelo sistema, e os pais não sabem para onde se virar, pois a história é sempre a mesma: os "especialistas" são, na melhor das hipóteses, uma perda de tempo ou, na pior, prejudiciais! Porque, infelizmente, quem está atento vê inúmeros casos em que as vítimas - as famílias e/ou as próprias crianças -, são usadas como "bodes expiatórios", sendo culpabilizadas e penalizadas pelos danos de um sistema brutal.

Ver tb: Aspergers, Autism and Co: Walking Your Talk
Reflexões de uma das mães presentes sobre o ensino domiciliar

2 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Estive ausente da net por muitos dias e senti saudade de vc...
O motivo foi mudança de residência...
Tive um aluno autista e nunca me esqueci dele...
Bjm de paz

Paula disse...

Espero que a mudança de residência tenha corrido bem - dizem ser um dos eventos mais estressantes da vida - depois da morte, casamento e divórcio!