Este blog partilha informação sobre o homeschooling e o unschooling - ensino doméstico ou educação domiciliar. Para navegarem o site, usem os links acima e, para os posts de 2011, o botão da pesquisa na barra direita. Facebook: Aprender Sem Escola Email: aprendersemescola@gmail.com

sábado, 24 de dezembro de 2011

Uma canção de Natal muito especial



Há cerca de 11 anos estive envolvida num projeto de música na comunidade em que trabalhei com um grupo de idosos com doença de Alzheimer e outros tipos de demência. Nenhum deles era músico. Ao ouvirem a canção, lembrem-se que foi composta por idosos que sofrem de perda de memória, confusão mental, falhas na linguagem, etc. E eles desejam-vos um Natal muito feliz!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Abraços Gratuitos para um Feliz Natal!

Sempre quis organizar um evento destes!
Demorou, mas foi! Feliz Natal a todos vocês!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Vídeo do congresso sobre o ensino doméstico (em espanhol)



II Congresso Nacional e I Internacional sobre o ensino doméstico - homeschooling - educação em família. Universidade de Navarra. Pamplona. Novembro 2011.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Citações: Multatuli, sobre a escola


"Um mestre que ensina na sua escola trinta ou quarenta crianças consegue fazer de todas elas pessoas capazes de pensar? Não. Por isso considero as escolas instituições perniciosas." ~ Multatuli

domingo, 11 de dezembro de 2011

Citações: Agostinho Silva, sobre a educação

"Por muito cuidado que se tenha, educar é podar; deixar crescer com toda a força o ramo que nos agrada."

"A publicidade é uma fábrica de perfeitos fregueses, ávidos e estúpidos; a educação, que lhe é paralela, fabrica cidadãos servis e crentes."

Fonte - Espólio, Agostinho da Silva

sábado, 10 de dezembro de 2011

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Agatha Christie foi educada em casa

Agatha Christie - Os seus livros são dos mais traduzidos do planeta, superados apenas pela Bíblia e pelas obras de Shakespeare. Como era uma criança extremamente tímida, os pais decidiram educá-la em casa (apenas ela, as duas irmãs não aprenderam em regime de ensino doméstico). O resultado? Agatha Christie escreveu mais de 80 romances policiais e coleções de contos! Mais de 4 bilhões de cópias foram vendidas em diversas línguas.

Link: 10 celebridades que deram bom nome ao ensino domiciliar

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Flexischooling - Escola flexível - Flexi-Escola

"Conciliar ensino doméstico com a frequência de uma escola pública é possível no Reino Unido. Esta opção tem vindo a ganhar adeptos" e poderia salvar muitas escolas rurais em perigo de desaparecer por falta de alunos.

Ler o resto aqui.
The rise of flexi-schooling

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Citações: Bernard Shaw, sobre a escola





"As nossas escolas ensinam a moral feudal corrompida pelo comércio e oferecem como modelo de homens ilustres e que tiveram sucesso o militar conquistador, o barão ladrão e o explorador."

Fonte - Regresso a Matusalém, Bernard Shaw

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Conclusões do II Congresso Nacional sobre Educação em Família

A Universidade de Navarra partilha as conclusões do II Congresso Nacional sobre Educação em Família. Podem fazer o download aqui.

CONCLUSÕES

1. O ponto de partida necessário é o de que a liberdade de escolher o tipo de educação a dar aos filhos pertence às famílias. Entre os vários tipos de educação, o ensino doméstico é uma opção válida que deve ser reconhecida na Espanha, uma vez que a falta de reconhecimento legal gera incerteza jurídica e, consequentemente, uma falta de normalização.

2. A solução para esta situação tem que ser um objectivo político, de modo que a legislação reconheça uma realidade que já existe e que não é contrária à Constituição Espanhola. Só assim poderemos garantir a tranquilidade na vida das famílias que optam pelo ensino domiciliar e que afeta tanto os pais como os filhos.

3. Necessitamos de estudos sólidos, tanto de acadêmicos como de outros profissionais, do ponto de vista pedagógico, jurídico, sociológico e psicológico, sobre o ensino domiciliar como modalidade de educação. Exemplos de outros países demonstram isto.

4. A grande diversidade do homeschooling na Espanha representa um elemento inovador e enriquecedor dentro do atual panorama educativo.

5. A associação das famílias que optam pelo ensino doméstico permite realizar propostas que fazem um apanhado desta diversidade e ajuda a mitigar possíveis efeitos indesejáveis ​​causados ​​pela falta de reconhecimento do ensino domiciliar.

6. Como opção intermediária entre a educação em casa e a escolaridade a tempo inteiro existem iniciativas para a flexibilização da escola, tanto quanto ao conteúdo curricular como em termos de tempo e horários. Essa flexibilidade poderia permitir uma maior liberdade às famílias que voluntariamente concordassem fazer este tipo de escolaridade com a direção do centro escolar.

7. Hoje em dia podemos adquirir conhecimento por muitas vias, especialmente através do uso das tecnologias da informação e comunicação (TIC). O papel do educador estará mais orientado a selecionar e promover o conhecimento do que a transmiti-lo.

8. Quer se trate de educação em casa ou na escola, é de extrema importância que as pessoas que ensinam sejam capazes de compreender as necessidades e potencialidades de cada criança a seu cargo para que sejam utilizados os interesses da criança, e não apenas os interesses pré-determinados de um sistema educacional que está evidentemente numa fase de necessidade de revisão.

9. Está demonstrado que o envolvimento das famílias no processo educacional dos filhos é benéfico para a aprendizagem e para o desenvolvimento de competências. As famílias deviam ter apoio adequado para obterem uma adequada orientação acadêmica, pedagógica e tecnológica para facilitar uma melhor utilização das muitas ferramentas e recursos atualmente disponíveis.

10. O homeschooling, as propostas sobre a flexi-escola e outras pedagogias inovadoras trazem elementos de interesse para o debate sobre a melhoria do sistema de educação em geral. Podem ser uma oportunidade para que o governo torne o sistema mais flexivel, contando com uma participação mais efetiva de todos os organismos envolvidos na educação.

Pamplona, ​​02 de Dezembro de 2011
Carme Urpí (Presidente)
Mª Ángeles Sotés (Coordenadora)

domingo, 4 de dezembro de 2011

Documentário: Fora com a escola!



Filmado em 2010, este documentário provocador investiga questões relacionadas com a educação fora do sistema de ensino. Explora alguns dos aspectos positivos e analisa os mitos que rodeiam o ensino domiciliar, particularmente no que diz respeito às capacidades. Inclui também entrevistas com algumas das pessoas que moldaram a nossa forma de ver esta forma de educação.

Contribuintes - Alan Thomas, Alex Dowty, Amy e Grace Gibbons, Edith e Alice Peck,
Education Otherwise, Heroes Home Education Centre, Iris Harrison, Karen Luckhurst, Peter e Julian Trevelyan, Roland Meighan e Ross Mountney.

Equipe de produção - Richard Reeves, Nafeesa Shaik, Jane Thorburn, Rajveer Dhatt, James Hanna, Ali Matin e Ridwaan Haji.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Homeschoolers combinam aulas acadêmicas com experiências da vida real...



Liam e Kyra Fogle aprendem sem escola. Seguem uma filosofia de educação cujo objectivo é criar uma infância rica, usando a curiosidade natural em vez de um currículo altamente regulamentado. Ler aqui (em inglês).

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Citações: Franz Kafka, sobre a educação



"Toda a educação assenta nestes dois princípios: primeiro repelir o assalto fogoso das crianças ignorantes à verdade e depois iniciar as crianças humilhadas na mentira, de modo insensível e progressivo."

Franz Kafka

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Professor Joaquim Moreira e o ensino doméstico

Alcoutim prestou homenagem ao professor Joaquim Moreira no passado dia 7 de Novembro, quando se completaram oito anos sobre o seu falecimento.

Joaquim Fernandes Pinheiro Moreira, nascido em Salvaterra do Extremo, concelho de Idanha-a-Nova em 1927, foi responsável pelas paróquias de Alcoutim, Pereiro e Giões, e desempenhou as funções de pároco de Martim Longo e Vaqueiros, até 1974, altura em que deixou de exercer o sacerdócio.

Entre 1961 e 66, de modo a colmatar as carências que existiam no sistema de ensino do concelho, procedeu, em regime de ensino doméstico, à preparação de alunos para efectuarem o exame do 2.º ano do Liceu em Faro.

Fonte